April 14, 2020

Confiança.

por Vitor Malta

A origem e o significado da palavra “confiança” são intuitivos, e por isso parecem bem claros à primeira vista: têm relação com acreditar em algo ou alguém, com ter fé. Mas, no mercado financeiro, acreditamos que se trata de um valor que deve ser levado muito além das sutilezas de sua definição. E, na Trium, é a base do relacionamento com nossos clientes.

“Os dois níveis mais altos de influência são alcançados quando 1) as pessoas seguem você por causa do que você fez por elas e 2) as pessoas seguem você por quem você é. Em outras palavras, os níveis mais altos de influência são alcançados quando a generosidade e a confiabilidade envolvem seu comportamento.”

Dale Carnegie

É comum a ideia de que a confiança é algo difícil de se alcançar e fácil de se perder. Talvez, como qualquer “regra”, essa também comporte uma ou outra exceção. Temos percebido que os investidores, por várias razões, às vezes confiam cegamente nas instituições onde aplicam seus recursos, embora reiteradas vezes tenham motivos para acreditar que elas não são dignas de sua confiança. Nesse caso, percebemos o quanto pode ser difícil não só para se construir esse vínculo, mas também para desconstruí-lo.

Metas de produtos criam necessidades inexistentes para os clientes ou não condizentes com seus objetivos; remunerações maiores geram conflitos de interesses nos quais os investidores geralmente saem perdendo; quantidades desproporcionais de clientes impedem que individualmente recebam a atenção que desejam ou precisam. Nosso desafio é afastar esses vieses prejudiciais ao investidor, provando diariamente a consistência da parceria com nossos clientes e o alinhamento com suas expectativas.

Para nós, ter a confiança do investidor é reconhecer o peso de dividir com ele a responsabilidade sobre seu patrimônio, tão difícil de alcançar e que, por isso, merece atenção e cuidado. É entender que nossos clientes se colocam em uma posição de vulnerabilidade, crendo na retidão de nossas intenções e de nosso caráter, e, portanto, precisam de nossa lealdade irrestrita e do máximo de transparência. Acima de tudo, é saber que os seus interesses sempre estarão em primeiro lugar no nosso relacionamento.

Por muito tempo, os investidores tinham as instituições tradicionais como única alternativa para aplicar seus recursos, não lhes restando opção senão “confiar”. O mercado hoje, contudo, é diferente. E, diante das novas e várias alternativas pra investir, a confiança ganhou ainda mais importância, em especial diante das falsas promessas de riqueza rápida e sem risco.

Para a Trium, confiança é muito mais do que acreditar em algo. É atuar de forma que nossos clientes se sintam seguros, sabendo que seus objetivos são prioridade. É permitir que se dediquem ao que realmente importa, às famílias, ao trabalho, com a convicção de que seu patrimônio está sendo diariamente acompanhado, preservado, construído sem atalhos e pavimentado por dedicação plena e conhecimento técnico.

Vitor Malta.

Advogado pela UFMG, Certified Financial Planner CFP®️ e certificado de especialista em investimentos pela ANBIMA, com experiência em planejamento sucessório e patrimonial. Especialista em Direito Civil pela Escola Superior Dom Helder Câmara e Legal Master em Direito Empresarial pelo IBMEC.